Skip to content

FAQ

Depende muito do tipo de habitação/edifício, o tipo de rede, o tipo de posto de carregador, etc. Caso queira saber um valor aproximado sem compromisso não hesite em contactar-nos.

Depende principalmente de 3 factores:

  • Capacidade da bateria do veículo em kWh.
  • Percentagem de carregamento da bateria.
  • Potência de carregamento em kW.

O caso mais simples de calcular é até 80% de carga da bateria e bastará dividir a capacidade da bateria até esse ponto em kWh pela potência de carga em kW para conhecer o tempo em horas.

É possivelmente a pergunta mais comum pelo público que está a considerar adquirir um veículo elétrico. A resposta é simples, em quanto tempo precisa que o veículo esteja carregado completamente?

A maioria das pessoas que vivem em redor das grandes cidades não costumam percorrer mais de 100 km por dia. Tendo em conta que o consumo médio de um veículo elétrico ronda os 15-22 kWh/100km conforme o tipo de condução, uma boa recomendação seria: calcular a potência necessária à qual carregar o veículo em 6 horas aproximadamente o que se corresponde ao período de tarifas noturnas em bi—horário no qual o kWh fornecido pelo comercializador é mais económico.

Pode, apesar de não ser recomendável, e sempre que a instalação elétrica dessa tomada Schuko cumpra a normativa ITC-BT-52.

As tomadas Schuko não estão preparadas para suportar durante um longo período uma grande intensidade de corrente de forma contínua, podendo chegar a queimar-se e ver-se afetada a integridade das baterias.

Se a administração do estacionamento  permitir-lhe ligar ao contador de serviços comuns e seguramente lhe pedirão que instales um contador secundário para poder contabilizar a energia consumida ao final de cada mês.

A segunda opção e a mais recomendável, é a de solicitar um novo ponto de fornecimento, ainda que tenha de pagar duas faturas de eletricidade (a do domicílio e a do posto de carregador)